HOME NOTÍCIAS

NOTÍCIAS

Aconteceu no CESAM-DF...

Aprendizes do CESAM-DF lendo a pauta do encontro para se prepararem para o inicio dos debates
Aprendizagem do CESAM-DF exercendo o protagonismo

Uma das maneiras que temos para trabalhar o protagonismo juvenil de nossos aprendizes é o de direcionar e inseri-los nas decisões políticas e sociais voltadas as crianças e adolescentes. Gostamos que nossos jovens, não só exerçam o senso da responsabilidade, mas também pratiquem a cidadania, participando, debatendo e se possível mudando as decisões em favor deles.

No começo, todos começam receosos e envergonhados, mas basta a primeira reunião e o primeiro debate para que todos se soltem e comecem de fato a mudar não apenas a sua história, mas a história de milhares de jovens e crianças de nossa cidade. Neste último final de semana, mobilizados entre si, nossos aprendizes foram eleitos e se tornaram 33 delegados que representarão cidades como, Taguatinga, Vicente Pires, Brazlândia, Águas Claras, Gama, Riacho fundo l, Riacho fundo ll, Recanto das Emas, Samambaia, Park Way e Santa Maria na 9º conferencia distrital dos direitos da criança e adolescente do Distrito Federal que ainda irá acontecer.

O ponto ápice do final de semana aconteceu na Ceilândia, na sexta-feira (26), onde nossos jovens aprendizes Bianca de Paula e Tiago Soares abrilhantaram a abertura da Conferência Regional realizando um dueto da música Nossa Cidade, de composição própria de Tiago e que fala sobre a Regional de Ceilândia. Além dos 31 delegados eleitos todos aprendizes do CESAM, a Conferencia Regional também contou com o jovem aprendiz salesiano Matheus Vinicius, que junto ao Secretário da Criança e do Adolescente do Distrito Federal, Aurélio Araújo compôs a mesa de abertura da Conferencia. “Quero agradecer aos educadores e o CESAM que sempre me apoiaram a me envolver nas decisões políticas e sociais da minha cidade, espero sempre honrar e defender a gente”, ressaltou o jovem Matheus.

tem como objetivo o debate sobre a Política Nacional e o Plano Decenal dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescente. O grande desafio do evento é mobilizar os principais atores do Sistema de Garantia de Direitos e a população em geral para implementar e monitorar a Política e o Plano.

Para isso, a Conferência foi construída com os mesmos cinco eixos estratégicos da Política e do Plano Decenal : 1) Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes, 2) Proteção e Defesa dos Direitos, 3) Protagonismo e Participação de Crianças e Adolescentes, 4) Controle Social da Efetivação dos Direitos e 5) Gestão da Política Nacional dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes.

Convocada pelo Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), com apoio da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e), a 9ª Conferencia contará com delegações estaduais e distrital, compostas por adolescentes, Conselheiros de Direitos; Conselheiros Tutelares; Conselheiros Setoriais; representantes de órgãos governamentais; de entidades da sociedade civil na promoção, defesa e controle dos direitos da Criança e do Adolescente; de universidades, do Poder Judiciário e Legislativo. . Também está prevista a participação de delegados em âmbito nacional, representando órgãos do governo e poder público federal, conselhos e fóruns nacionais, entre outros. Soma-se a essas delegações, os observadores e convidados dos Conselhos de Direitos. São esperadas cerca de 3.000 pessoas.